Deus vai abençoa você

sábado, 31 de dezembro de 2011

Padre acusado de pedofilia agia nas casas das vítimas

O padre Evangelista Moisés de Figueiredo, de 49 anos, pároco da Igreja São Francisco de Assis, em São Sebastião, no Distrito Federal, indiciado por abuso sexual de seis crianças, cometia os crimes na casa das vítimas ou na casa dele. As crianças têm entre 6 e 14 anos e cinco são irmãos. As informações são da delegada Valéria Martirena, chefe da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente.
- Ele se valia da condição de padre, os pais frequentavam a igreja e ele conseguiu confiança da família, porque eram fiéis. Ele fazia refeições na casa das vítimas. Quando os abusos não aconteciam na casa das vítimas eram na casa dele. Ele atraia as crianças prometendo ajuda para trabalhos escolares ou pequena quantia em dinheiro, que ele nunca pagou.
Evangelista foi preso na manhã desta sexta-feira (30) em casa, no Condomínio Estâncias Del Rey, enquanto dormia. Ele estava acompanhado da secretária da igreja São Camilo, na Asa Sul, local onde ele atuou por oito anos. Na Igreja São Francisco ele estava há dez anos.
De acordo com o delegado da Onofre Moraes, diretor geral da Polícia Civil, a secretária estava ‘completamente nua’. Ela foi ouvida, mas não há indícios da participação dela nos crimes. Na casa, foram apreendidos uma arma calibre 36, munição e computadores.
As investigações que levaram ao indiciamento de Evangelista duraram três semanas, e ocorreram após a filha mais velha da família de cinco irmãos, de 13 anos, contar para a mãe sobre os abusos. Os pais, caseiros de uma chácara, imediatamente procuraram a polícia, que apurou que todos os irmãos eram abusados, além de uma vizinha, filha de um pedreiro que também frequentava a igreja.
De acordo com a polícia, as provas que levaram ao indiciamento do padre são ‘irrefutáveis’. Trata-se da descrição das crianças dos abusos.
- Todas as crianças fazem a mesma descrição dos abusos. Dos locais onde eram abusadas. Do vídeo pornográfico que ele mostrava para elas e que foi achado no celular dele. As descrições são idênticas.
Evangelista, que está preso preventivamente, deve ser transferido para o Complexo Penitenciário da Papuda na próxima terça-feira.
Ele foi ouvido, mas nega todas as acusações. De acordo com ele, a arma apreendida era de um conhecido. Se for condenado por pena máxima, a pena pode chegar a 93 anos.
A polícia acredita que o padre tenha feito outras vítimas. Denúncias podem ser feitas anonimamente pelo telefone 197.

Fonte : ADIBERJ

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Recuperação de jovem com morte cerebral leva amigos ateus à igreja

Um jovem universitário do Arizona, que sofreu um acidente automobilístico e teve morte cerebral decretada pelos médicos, está se recuperando. O fato foi considerado um verdadeiro milagre pela família e equipe médica.
Sam Schimdt, de 21 anos, respirava com a ajuda de aparelhos, como consequência de um acidente de carro, e já estava sendo preparado para doar seus órgãos. Entretanto, ele recentemente começou a responder aos estímulos do tratamento, quando ele apertou o dedo dos médicos que testavam as suas reações.
De acordo o ABC News, sua mãe, Susan Reagan declarou que ele está se recuperando totalmente e isso está fazendo com que seus amigos ateus decidissem voltar à igreja,
“Ninguém poderia me dar um presente de Natal melhor do que esse. Nunca, nunca. Eu tenho amigos ateus que me ligaram e disseram que estão voltando para a igreja após esse milagre”, confirmou Susan.
Schimdt teve lesões em seu cérebro bastante graves depois do acidente sendo necessário um helicóptero para transferí-lo até um hospital especializado em neurologia, em Phoenix, Arizona. Lá foram realizadas cirurgias para a retirada do aneurisma que estava ameaçando a sua vida.
Dois meses após a cirurgia, ele saiu do estado de coma. Hoje, ele já consegue respirar sem a ajuda de aparelhos, andar com a ajuda de muletas e conversar normalmente.
Sam também é confiante na interferência de Deus em sua recuperação. “É um milagre. Vendo como eu estava antes e agora, vejo que progredi bastante”, comemora o jovem, ainda com a fala vagarosa, característica que deve melhorar com o tempo e com os tratamentos, segundo informou o site ABC News.
O renomado neurocirurgião Robert Spetzler designou a recuperação de Sam como ‘espantosa’ e se disse ‘realmente surpreso’. “Tinha tudo para dar errado. Ele tinha hemorragia, um aneurisma e teve um derrame. Eu fiquei realmente surpreso com sua melhora em tão pouco tempo”.
Sam agora só quer voltar a ter uma vida normal, com os movimentos de caminhar e a fala fluente. Os médicos já garantiram que isso é inteiramente possível, com a fisioterapia e o período de reabilitação.

Com informações do The Christian Post

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Deputado defende punição a igrejas que pregam cura homossexual

O deputado federal Jean Wyllys foi entrevistado pelo programa “Poder e Política Entrevista”, e falou sobre os temas abordados por ele em seu mandato.
Na entrevista, Jean falou que o projeto que criminaliza a homofobia foi desfigurado pela relatora, Senadora Marta Suplicy, e que do jeito que está, “não agrada à Frente Parlamentar LGBT, nem agrada a setores do movimento LGBT. Da maneira como esse substitutivo foi apresentado… E o próprio texto cria um novo tipo penal e reduz a homofobia a uma mera questão de agressão e assassinatos”.
Questionado sobre o aspecto religioso do Projeto de Lei 122, Wyllys afirmou que a Constituição garante a liberdade de culto e crença, mas discorda que pastores possam falar contra a homossexualidade em programas de rádio e tv: “Eu acho que as religiões, elas têm liberdade para propagar da maneira que elas melhor escolheram, definiram, os seus valores. A sua concepção de vida boa. Isso é uma coisa garantida na Constituição e que a gente tem que defender. As religiões são livres para isso. E os pastores são livres para dizer no púlpito de suas igrejas que a homossexualidade é pecado, já que eles assim o entendem. Entretanto, eu não acho que os pastores que estão ali explorando uma concessão pública de rádio e TV tenham que aproveitar esses espaços para demonizar e desumanizar uma comunidade inteira, como é a comunidade homossexual”, reclamou Wyllys.
Jean Wyllys afirmou entender que mesmo com o direito ao culto e à opinião, o homossexualismo não deve ser tratado pelos cristãos como pecado mortal: “Se incitarem a violência, se justificarem as violências todas praticadas no país contra homossexuais por meio de um entendimento que a homossexualidade é uma degeneração, para usar a palavra que eles costumam usar, que é uma abominação, que é uma degeneração, que a homossexualidade é uma doença, que a homossexualidade é um pecado grave e mortal, aí sim eu acho que isso tem que ser enfrentado. E tem que ter uma lei que preveja esse tipo de crime”.
Pregando punição a esse tipo de prática das igrejas, Jean afirmou que a lei deve coibir as iniciativas das igrejas de prestar assistência a homossexuais: “Sabe o que é inaceitável? São as igrejas, por exemplo, financiarem programas de recuperação e de cura de homossexualidade. E o pastor promover esse tipo de serviço nos seus cultos”.
O deputado explicou ainda que os motivos de ter se filiado ao PSOL foram as heranças do cristianismo aprendido enquanto frequentado a pastoral da Igreja Católica: “eu vi que eu tinha muito mais identificação ideológica e programática com o PSOL, que é um partido socialista. E de alguma maneira os valores que eu herdei do cristianismo, os valores cristãos que eu herdei do período em que estive na pastoral, de um cristianismo perdido, infelizmente, esses valores, essa ética está muito mais próxima da ética socialista, de justiça social e não há socialismo sem a ideia de liberdade”.
Resposta do Pr. Silas Malafaia
Sobre a entrevista de Jean Wyllys, o pastor Silas Malafaia comentou afirmando que o deputado Jean Wyllys pretende amordaçar os cristãos. “(Ele) quer nos calar a qualquer custo. Não suporta a crítica ao comportamento homossexual! Quer rasgar o art. 5 da constituição. A mentira que ele diz: que os pastores promovem estes tipos de serviços nos seus cultos em dizer: ‘vocês homossexuais, venham para os nossos programas de terapia e de cura de homossexualidade’. Mentiroso de marca maior. Os pastores pregam a libertação de qualquer tipo de pecado. São os próprios homossexuais que pedem ajuda para serem libertos”, afirmou Malafaia, segundo informações do site Verdade Gospel.
Malafaia voltou a afirmar que no ponto de vista dele, os ativistas homossexuais são o grupo mais intolerante atualmente: “Como tenho dito repetidas vezes: o grupo social mais intolerante da pós modernidade são os grupos homossexuais, que querem calar e criminalizar a opinião. É só ler o famigerado PLC 122 que ele defende, para confirmar todas as minhas palavras”.

Com informações do Gospel+

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Senador afirma que a “Lei da Palmada” não será aprovada no Senado.!

A polêmica em torno da Lei da Palmada ganhou mais um capítulo, agora com a declaração do Senador Magno Malta de que no Senado, a lei não será aprovada, segundo informações de seu site oficial.
A lei aprovada na Câmara dos Deputados prevê punições aos pais que imporem correções aos filhos através de castigos físicos, como uma palmada, por exemplo.
-“Sempre provei para população, que família estruturada reflete uma sociedade também estruturada. Filhos têm que ser educados pelos pais. Não podemos interferir na educação e nos bons costumes familiares”, declarou o senador, que é um dos políticos evangélicos com mais destaque no país.
Antes da aprovação na Câmara dos Deputados, a Frente Parlamentar Evangélica chegou a obstruir a votação, pedindo alterações significativas no projeto, porém o Governo impediu que as alterações propostas fossem incluídas e assim, o projeto foi aprovado com alterações mais leves.
No entender dos políticos cristãos, assim como do pastor Silas Malafaia, que chegou a classificar a lei como “palhaçada de deputado que não tem o que fazer”, a lei interfere no direito dos pais educarem e corrigirem seus filhos como entenderem ser mais adequado.
O senador afirmou ser contra violência, mas ressaltou a importância da educação e de uma família estruturada: “É lógico, que sou contra qualquer tipo de violência, mas Deus permitiu as mães corrigirem os filhos com palmadas. Este tipo de correção é também uma forma de amor. É melhor fazer uma criança chorar, do que ter que chorar no futuro”.

Com informações do Gospel+

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

ESCRAVOS DE UMA DENOMINAÇÃO




No passado DEUS libertou o povo de Israel da escravidão do Egito, mais lamentavelmente em nossos dias atuais, há lideres que permanecem aprisionando pessoas a uma placa de Igreja e a homens. O que torna isto uma falta de amor ás vidas, tornando o evangelho falho, pregando  uma coisa e vivendo outra. Pois, se a palavra de DEUS á ( bíblia), condena a idolatria, imaginem levar o rebanho de CRISTO, á idolatrar a placa de uma denominação. Devemos respeitar o trabalho e a doutrina de cada igreja é fato, “daí aceitar, é Impensável. Pois bem! No dia três de dezembro último, foi realizado um evento na Praça da Biblia em frente à prefeitura do município, denominado “CRISTO VIVE” cujo objetivo principal foi anunciar o evangelho do Senhor JESUS, ao povo que a cada dia tem perecido nas drogas, prostituição, alcoolismo entre outras coisas. Na ocasião, os que lá estiveram, ouviram uma bela pregação da palavra por meio do servo do SENHOR JESUS, o ex – frade (padre) hoje pastor Diógenes Monteiro. Compartilharam deste momento, a igreja Batista em Santa Maria do Cambucá, internacional da graça de DEUS e Batista Canaã ambas de Surubim, e a Igreja Batista Filadélfia local por meio de Seu pastor Jurandir Ribeiro e alguns membros apoiaram o evento, além de algumas pessoas da localidade. Porém na cidade, existe duas denominações que representa a comunidade evangélica local, e só uma se fez presente. Chegando ao nosso conhecimento que os membros da que não participou foram orientados, a nem olharem para  o lugar onde estava acontecendo o evento, triste não! Pois dão mais valor a um rótulo, que a palavra de CRISTO.

Por  Sérgio Ramos

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Silas Malafaia quer apresentar programa gospel na “Rede Globo”

Rede Globo já começa a ser admirada por alguns evangélicos. Usando o Twitter, nesta segunda-feira, 12 de dezembro de 2011, o pastor Silas Malafaia elogiou o espaço que a emissora tem dado para a música gospel. O assembleiano referiu-se ao “Festival Promessas” que foi gravado no último sábado, 10, e será transmitido no dia 18 às 13 horas.
“Vamos explodir a audiência da Rede Globo no domingo as 13h! O nome do Senhor será glorificado! 1 hora de louvor e adoração!”, escreveu o pastor da Assembleia de Deus Vitória em Cristo.
Entretanto, vários tuiteiros contestavam o apoio de um pastor à emissora que sempre foi a “inimiga” dos evangélicos e diziam que o interesse da Globo é apenas comercial. Ao perceber que a polêmica se instalou no microblog, Malafaia foi mais enfático e fez um discurso encerrando seu posicionamento sobre o tema. “Vamos deixar de ser ‘Trouxa’! A Bíblia diz que onde pisarmos o lugar será nosso. Vamos tomar conta desta “potroca”. Gloria a Deus!!”
Silas Malafaia já afirmou várias vezes que ainda teria um programa na emissora carioca, ao mesmo tempo em que profetisa programas evangélicos nas emissoras, e investe nelas, ele critica o fato da Rede Record, que pertence ao bispo Edir Macedo, não dar espaço para programas religiosos e usar o dízimo dos fiéis para patrocinar novelas e programas seculares.
Com informações Gospel Prime

sábado, 10 de dezembro de 2011

CNBB desmente Marta Suplicy e nega apoio ao PL 122

Na última quarta-feira a senadora Marta Suplicy chegou a dizer que a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) havia aprovado o novo texto do Projeto de Lei 122/2006 que criminaliza toda opinião contrária ao homossexualismo. Mas nesta quinta, 8, a instituição ligada à Igreja Católica desmentiu a senadora e assegurou que não fez nenhum acordo para aprovar tal projeto.
“A presidência da CNBB não fez acordo com a senadora, conforme noticiou parte da Imprensa”, diz nota divulgada pela entidade.
O novo texto elaborado por Marta tenta mudar a opinião dos religiosos ao incluir um artigo dizendo que a pena “não se aplica à manifestação pacífica de pensamento decorrente da fé e da moral fundada na liberdade de consciência, de crença e de religião”.
Na carta da CNBB o que Marta divulgou como “apoio” foi na verdade um debate, troca de ideias. “A CNBB fez observações, deu sugestões e se comprometeu com a senadora a continuar acompanhando o desenrolar da discussão sobre o projeto”.
Discussão durante o debate
A manhã de quinta-feira foi bastante tumultuada em Brasília, pois estava previsto a votação do PL 122/2006. A senadora Marta Suplicy (PT-SP) resolveu adiar a votação para conseguir mais votos, enquanto isso a bancada evangélica pressionava para impedir que o texto fosse aprovado.
No final da sessão, durante uma coletiva de imprensa, o deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ), Marta Suplicy e a senadora Marinor Brito (PSOL-PA) trocaram xingamentos e ofensas mútuas. Bolsonaro é contra a todos os projetos lançados pelos ativistas homossexuais, já a senadora do Psol acredita que ele está sendo homofóbico e precisa ser preso.
Sobre a polêmica criada, Marta tenta explicar seu ponto de vista. “Esse projeto tem a ver com tolerância, respeito e cidadania, vai ajudar a diminuir a violência contra homossexuais”, disse a senadora que desarquivou o projeto e assumiu como relatora.

Com informações IG

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Senador evangélico recusa acordo sobre criminalização da homofobia

Crivella declarou que Marta teria insistido em colocar o projeto original em votação 
O senador Marcelo Crivella (PRB-RJ) afirmou, na sessão plenária do Senado desta terça-feira (6), que a bancada evangélica na Casa considera não haver acordo a respeito do Projeto de Lei da Câmara (PLC) 122/2006 que criminaliza a homofobia. Um substitutivo do texto, relatado pela senadora Marta Suplicy (PT-SP), consta da pauta da Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa.
Crivella declarou que aceitaria um acordo do arquivamento do PLC 122/2006 e substituição pelo substitutivo. Porém, ele alega que Marta teria insistido em colocar o projeto original em votação, com ajustes. Em julho deste ano, os termos gerais do texto alternativo aceito pela bancada evangélica foram acertados em reunião que contou com as presenças da petista e do senador do Rio de Janeiro, além de Demóstenes Torres (DEM-GO) e do presidente da Associação de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ALGBT), Toni Reis.
“A senadora Marta (Suplicy) disse que havia construído um acordo. Nós gostaríamos de terminar com o projeto e construir um novo texto, mas ela insistiu com emendas, que melhoraram (o texto), mas não há acordo. Se for para colocar em votação, nós votaremos contra”, avisou.
O PLC 122 amplia a abrangência da Lei 7.716/1989, que trata da discriminação decorrente de raça, religião e origem. Pelos termos aprovados na Câmara há cinco anos, o preconceito ligado a gênero, sexo, orientação sexual e identidade de gênero também passaria a ser considerado crime.
O projeto estava arquivado desde o fim de 2010, ao término da legislatura passada. No início deste ano, porém, Marta Suplicy solicitou a retomada da discussão. A Comissão de Assuntos Sociais aprovou o texto em 2009, por isso, ele foi encaminhado diretamente à de Direitos Humanos.
O acordo de julho incluía batizar o substitutivo com o nome de Alexandre Ivo, jovem carioca morto em junho de 2010, aos 14 anos, em um crime de ódio. Ele foi vítima de um grupo que agredia um jovem homossexual. Segundo a mãe do adolescente, Angela Ivo, por ser muito novo, ele não havia tido nenhuma experiência sexual, “estava se descobrindo”, e “jogava bola, andava de skate” etc.
A bancada evangélica é um dos principais polos de resistência ao projeto. Acreditava-se, porém, que o acordo costurado há cinco meses evitaria a retomada das divergências – ainda que não houvesse consenso sobre todos os pontos. A posição de Crivella, porém, desfaz a avaliação. Movimentos ligados à comunidade LGBT enxergam na criminalização da homofobia uma forma de assegurar direitos humanos dessa população.

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Famosos que desafiaram Deus

COM DEUS NÃO SE BRINCA!
“Não vos deixeis desencaminhar: de Deus não se zomba; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará “
(Gálatas 6:7)

JOHN LENNON:
Alguns anos depois de dar uma entrevista a uma revista americana, Disse:
“O cristianismo vai se acabar, vai se encolher, desaparecer. Eu não preciso discutir sobre isso. Eu estou certo.
Jesus era legal, mas suas disciplinas são muito simples. Hoje, nós somos mais populares que Jesus Cristo. (1966)”. Lennon, depois de ter dito que os Beatles estavam mais famosos que Jesus Cristo, recebeu cinco tiros de seu próprio fã.
TANCREDO NEVES:
Na ocasião da campanha presidencial, disse que se tivesse 500 votos do seu partido (PDS), “nem Deus o tiraria da presidência da república”.
Os votos ele conseguiu, mas o trono lhe foi tirado um dia antes de tomar Posse.
BRIZOLA:

No ano de 1990, quando houve uma outra campanha presidencial, disse “que aceitava até o apoio do demônio para se tornar presidente”.
A campanha, quando acabou, apontou Collor como presidente e não mostrou Brizola nem em segundo lugar.
CAZUZA:
Em um show no Canecão ( Rio de Janeiro ), deu um trago em um cigarro de Maconha, soltou a fumaça para cima e disse: “Deus, essa é para você!”
Nem precisa falar em qual situação morreu esse homem.
MARILYN MONROE:
Foi visitada por Billy Graham durante a apresentação de um show.
Ele, um pregador do evangelho, na época havia sido mandado pelo Espírito Santo àquele lugar,  para pregar a Marilyn. Porém ela, depois de ouvir a mensagem do Evangelho, disse: “Não preciso do seu Jesus”
Uma semana depois foi encontrada morta em seu apartamento.
BON SCOTT:
Ex-vocalista do conjunto AC/DC. Cantava no ano de 1979 uma música com a seguinte frase:
“Don´t stop me, I´m going down all the way, wow the highway to hell”. (Não me impeça… Vou seguir o caminho até o fim, na auto-estrada para o inferno).
No dia 19 de fevereiro de 1980, Bom Scott foi encontrado morto, asfixiado pelo próprio vômito.
O NAVIO TITANIC
Na ocasião em que foi construído, apontaram-no como o maior navio de passageiros da época. No dia de entrar em alto- mar, uma repórter fez a seguinte pergunta para o construtor: “O que o senhor tem a dizer para a imprensa concernente a segurança do seu navio?”
O homem, com um tom irônico, disse: “Nem Deus poderá afundar meu Navio”.
O resultado foi o maior naufrágio de um navio de passageiros do mundo!
JOVEM DE CAMPINAS/SP EM 2005

Em Campinas, uma turma de amigos já embriagados, foram buscar a última pessoa ir para balada, parou em frente da casa do jovem chamou, e junto com a moça veio a mãe. A mãe com medo vendo todos embriagados e sua filha entrando naquele carro lotado, pegou na mão da filha que já estava dentro do carro e disse: “FILHA VAI COM DEUS QUE ELE LHE PROTEJA”, a filha pra tirar uma onda com a mãe disse: “SÓ SE ELE FOR NO PORTA-MALAS, POIS AQUI JÁ ESTÁ LOTADO”.
Algumas horas depois veio a noticia as familiares dos jovens, sofreram um acidente, morreram todos, o carro ficou irreconhecível, mas o porta-malas ficou intacto.
A policia técnica disse que pela violência do acidente seria impossível o porta-malas ficar intacto, quando o policial abriu o porta-malas, lá estava uma bandeja com 18 ovos sem nenhum arranhão, e todos nos lugares corretos da bandeja.
CONCLUSÃO
Muitos outros homens importantes também se esqueceram que a nenhum outro nome foi dada tanta autoridade como a que há no nome de JESUS. Não esqueça disso: Muitos morreram, mas somente um ressuscitou e está vivo até hoje (dias vindouros): Jesus!
P.S. Se fosse uma piadinha, você enviaria pra todo mundo?
Será que este texto você também terá coragem pra enviar?
Eu já fiz a minha parte. Jesus Cristo diz: “Se te envergonhares de mim, eu me envergonharei de ti perante meu pai”.
Pois que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro, se perder a sua Alma?
Deus lhe abençoe Poderosamente, no nome de JESUS!
Fonte: Portal Padom

sábado, 3 de dezembro de 2011

Billy Graham se sente encorajado após receber a visita de seu pastor no hospital

Billy Graham continua de bom humor hoje, depois de uma noite descansando no Hospital Mission em Asheville, Carolina do Norte. O evangelista de 93 anos de idade foi internado na última quarta-feira (30/11/11) para avaliar e tratar os seus pulmões, porque estava sofrendo de congestão, tosse e uma leve febre, segundo seu porta-voz A. Larry Ross.
Hoje, no entanto, Graham se sentiu encorajado nesta manhã com a visita de seu pastor, Dr. Don Wilton, que compartilhou uma passagem no livro de Efésios: “Por isso, ouvindo eu também a fé que entre vós há no Senhor Jesus, e o vosso amor para com todos os santos, Não cesso de dar graças a Deus por vós, lembrando-me de vós nas minhas orações”(Efésios 1:15-16).
“O senhor Graham, tem recebido o carinho e os bons desejos de todo o mundo”,disse seu porta-voz, que sublinhou que o “o versículo tem um significado especial para ele”.
Ontem Graham recebeu a visita de sua filha, Gigi, que vive em Black Mountain, eles passaram um bom tempo juntos, lendo a Bíblia e orando juntos. Como esperado a noticia da  hospitalização de Graham, se espalhou rapidamente, e a TBN transmitiu um especial na qual destacou uma cruzada realizada pelo reverendo no ano de 1973, em St Luis.
“Foi uma benção para o Sr. Graham, ter percebido que sua pregação ainda nos dias de hoje atinge o mundo todo.”, disse Ross, “até mesmo nos corredores de seu hospital”, relata ao Charisma News
O doutor Mark Hellreich, pneumonista, que esta cuidando do tratamento de Graham no hospital, disse ao Washington Post, que o evangelista “esta respondendo bem ao tratamento com antibióticos e se encontra em condição estável.”
Fonte: Portal Padom

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Em nota, Papa Bento XVI defende a criação de um governo único mundial. Cristãos acreditam ser o sinal do Anticristo

O Pontifício Conselho Justiça e Paz do Vaticano publicou uma nota abordando o tema da crise financeira mundial, intitulada “Para uma reforma do sistema financeiro e monetário internacional na perspectiva de uma autoridade pública de competência universal”.
Nessa nota, sob argumentos humanitários, o Vaticano propõe que todos os países do mundo avancem nos estudos de estabelecer uma autoridade mundial, para assuntos financeiros e bélicos. Segundo a nota, “ninguém, conscientemente, pode aceitar o desenvolvimento de alguns países em desvantagem de outros”. Para o Vaticano, “o caminho rumo à construção de uma família humana mais fraterna e justa e, antes ainda, de um renovado humanismo aberto à transcendência, parece ainda muito atual”.
Ressaltando a Carta encílica “Pacem in Terris”, (termo em latim que pode ser traduzido como Paz na Terra), escrita em 1963 por João XXVIII e que previa uma unificação cada vez maior do mundo, a nota afirma que desde aquela época, se reconhecia o fato de que, na comunidade humana, faltava uma correspondência entre a organização política, ‘no plano mundial, e as exigências objetivas do bem comum universal’. Por conseguinte, desejava que um dia se pudesse criar ‘uma Autoridade pública mundial”, afirma a nota.
O processo de globalização do mundo e dependência mútua cada vez maior dos países é classificada pela Igreja Católica como um fato previsto pelo Papa João XVIII em sua carta, e apoiada pelo Papa atual, Bento XVI. “Face à unificação do mundo, favorecida pelo complexo fenômeno da globalização; perante a importância de garantir, para além dos demais bens coletivos, o bem representado por um sistema econômico-financeiro mundial livre, estável e ao serviço da econômica real, hoje o ensinamento da Pacem in terris parece ainda mais vital e digno de urgente concretização. O próprio Bento XVI, no sulco traçado pela Pacem in Terris, manifestou a necessidade de constituir uma Autoridade política mundial”.
O comunicado explica os motivos, classificados pela igreja católica como humanitários, de se apoiar um governo único, proposta que é entendida por teólogos como parte do surgimento do Anticristo, previsto nas profecias do Apocalipse. O Vaticano propõe uma reflexão na luta pelo desarmamento dos países: “Pensemos, por exemplo, na paz e na segurança; no desarmamento e no controle dos armamentos; na promoção e na tutela dos direitos fundamentais do homem; no governo da economia e nas políticas de desenvolvimento; na gestão dos fluxos migratórios e na segurança alimentar; e na salvaguarda do meio ambiente. Em todos estes âmbitos, é cada vez mais evidente a crescente interdependência entre Estados e regiões do mundo, e a necessidade de respostas, não apenas setoriais e isoladas, mas sistemáticas e integradas, inspiradas pela solidariedade e pela subsidiariedade, e orientadas para o bem comum universal.”
O Pastor Antônio Mesquita, do blog “Fronteira Final” entende que sob o argumento de ações humanistas, o Vaticano acaba protagonizando uma profecia bíblica sobre o assunto: “Analise a semelhança com o alerta bíblico a respeito do acordo entre o Anticristo e os judeus. O texto de 1 Tessalonicenses 5:1-5 diz: ‘Mas, irmãos, acerca dos tempos e das estações, não necessitais de que se vos escreva; Porque vós mesmos sabeis muito bem que o dia do Senhor virá como o ladrão de noite; Pois que, quando disserem: Há paz e segurança, então lhes sobrevirá repentina destruição, como as dores de parto àquela que está grávida, e de modo nenhum escaparão. Mas vós, irmãos, já não estais em trevas, para que aquele dia vos surpreenda como um ladrão; Porque todos vós sois filhos da luz e filhos do dia; nós não somos da noite nem das trevas”, opina o Pastor.
Em determinado trecho da nota, o Vaticano afirma que essa “Autoridade Mundial” deve surgir de um processo em que todos os países a reconheçam e aceitem. “A autoridade supranacional deve possuir uma delineação realista e ser realizada gradualmente, com o objetivo de favorecer também a existência de sistemas monetários e financeiros eficientes e eficazes, ou seja, mercados livres e estáveis, disciplinados por um adequado quadro jurídico, funcionais para o desenvolvimento sustentável e para o progresso social de todos, inspirados nos valores da caridade na verdade”.
Para o Pastor Mesquita, as ideias propostas pelo Vaticano se aproximam muito do que as Escrituras Sagradas dizem a respeito desse tema, com perseguição aos cristãos: “A Bíblia diz o seguinte, sobre o Governo Único: ‘E foi-lhe permitido fazer guerra aos santos, e vencê-los; e deu-se a ele poder sobre toda a tribo, e língua, e nação. E adoraram-na todos os que habitam sobre a terra, esses cujos nomes não estão escritos no livro da vida do Cordeiro que foi morto desde a fundação do mundo. Se alguém tem ouvidos, ouça’.
Gospel + / Portal Padom

TVs espanholas barram programa de Billy Graham

‘Minha Esperança’ é um projeto que está sendo realizado em alguns países pelas igrejas evangélicas em parceria com a Associação Evangelística Billy Graham, cuja finalidade é alcançar muitas nações com a mensagem de Cristo, por meio de uma cruzada veiculada pela televisão. A ideia é convidar parentes e vizinhos para assistir a programação.
Mas a transmissão dos programas do projeto, marcada para o período de 15 a 17 de dezembro, está ameaçada na Espanha. Muitas igrejas evangélicas estão envolvidas nesta ação, pois ‘Minha Esperança’ tem como finalidade transmitir a ação evangelística através de um canal aberto de TV. No entanto, diante da resistência das emissoras espanholas para exibição dos programas, o diretor geral do projeto na Espanha fez um apelo: “Pedimos que todos nos apoiem em oração. Este projeto já foi realizado em vários países, inclusive no Brasil. Apesar da resistência dos espanhóis ao Evangelho, creio que o nosso Deus tem todo o poder de romper as barreiras para que esses programas possam ser transmitidos aqui na Espanha”, disse.
Verdade Gospel / Portal Padom

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

TVs católicas Canção Nova e Aparecida podem ser fechadas pelo governo federal


O governo federal do Brasil, atualmente controlado pelo Partido dos Trabalhadores pró-aborto, está tentando fechar a maior rede de TV católica do Brasil em evidente retaliação por remover apresentadores do PT ( http://noticiasprofamilia.blogspot.com/2011/11/rede-de-tv-catolica-remove-apresentador.html ) da programação.
De acordo com ativistas pró-vida locais, a decisão de atacar a TV Canção Nova parece ser o episódio mais recente de um conflito em andamento entre o governo e a Igreja Católica do Brasil pelo fato de que a Igreja Católica rejeita as políticas pró-aborto e pró-homossexualismo do Partido dos Trabalhadores.
De acordo com os meios de comunicação locais, o Ministério Público Federal entrou com ação civil para revogar as licenças da TV Canção Nova e também da estação católica conhecida como TV Aparecida, pois sua documentação não seguiu os procedimentos adequados quando suas licenças foram concedidas em 1997 e 2001. O MPF nega que sua decisão tenha a ver com o conteúdo da programação das TVs.
Contudo, o ataque contra as estações ocorreu apenas dois diasdepois que a TV Canção Nova anunciou que estaria removendo um proeminente político do Partido dos Trabalhadores de sua programação depois de um protesto porparte de católicos por causa do apoio do PT ao aborto legalizado bem como às uniões civis homossexuais e a leis contra a “homofobia”.
Ativistas pró-vida do Brasil acreditam que a estação foi pressionada a aceitar os líderes do Partido dos Trabalhadores depois das calorosas disputas das eleições presidenciais de 2010. Dilma Rousseff, a candidata do Partido dos Trabalhadores, quase perdeu essas eleições devido às posturas polêmicas do PT, as quais foram publicamente denunciadas por bispos e padres católicos.
Um padre da TV Canção Nova denunciou o Partido dos Trabalhadores durante as eleições como pró-aborto, gayzista e marxista e disse que nunca votaria neles, provocando a fúria do PT.
Durante as eleições o governo confiscou materiais que mostravam para o público o ensino da Igreja Católica sobre o direito à vida, e de acordo com as reportagens ameaçou líderes católicos com o cancelamento do tratado do Brasil como Vaticano, o qual inclui verbas governamentais para as escolas. O confisco foi mais tarde julgado como ilegal por um tribunal do Brasil, embora as eleições já tivessem passado e Rousseff tivesse sido eleita.

Noticiasprofamilia / Portal Padom

terça-feira, 22 de novembro de 2011

EX-PADRE LOURIVAL DÁ TESTEMUNHO EM IGREJAS BATISTAS DO INTERIOR PERNAMBUCANO

O ex-padre paraibano Lourival Luiz de Souza, esteve na noite do dia 19 deste, em Santa Maria do Cambucá na primeira igreja batista,e no dia 20 na Igreja Batista Filadélfia em Vertente do Lério, testemunhando o quê o Senhor JESUS CRISTO fez em seu viver. Para a igreja lotada, o hoje diácono da igreja Assembléia  de DEUS Lourival, contou para todos que Por meio da biblia católica, ele descobriu que tudo o que  realizava quando padre era contraditório ao que DEUS diz. O ex – padre afirmou ainda, que de acordo com o que diz no livro de João 8,32 “e conhecereis a verdade vos libertará” e sendo assim passou á relatar vários temas em seu testemunho, os quais conforme a palavra de DEUS. A igreja católica faz totalmente o inverso á exemplo do batismo de crianças, veneração ou adoração a imagens entre outros, tais temas entram em contradição com a bíblia e até mesmo com o próprio catecismo usado pela Igreja Romana.

Por Sérgio Ramos

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

O EX – PADRE LOURIVAL CASADO COM A EX-FREIRA MARIA DE FÁTIMA, vai está na Igreja Batista em Santa Maria do Cambucá e em Vertente do Lério neste fim de semana!

Amanhã sábado dia 19 de novembro,ele vai está na cidade de Santa Maria do Cambucá, na primeira Igreja Batista ás 19:00 horas e no Domingo 20 no mesmo horário estará na Igreja Batista Filadélfia em Vertente do Lério.Nas duas cidades o ex-padre vai está com a sua esposa Maria de Fátima, a qual também testemunhará sobre como o Senhor Jesus Cristo transformou o seu coração,e á fez abandonar a vida religiosa como freira para servir ao verdadeiro Senhor, O CRISTO VIVO, não PERCAM!