Deus vai abençoa você

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Em nota, Papa Bento XVI defende a criação de um governo único mundial. Cristãos acreditam ser o sinal do Anticristo

O Pontifício Conselho Justiça e Paz do Vaticano publicou uma nota abordando o tema da crise financeira mundial, intitulada “Para uma reforma do sistema financeiro e monetário internacional na perspectiva de uma autoridade pública de competência universal”.
Nessa nota, sob argumentos humanitários, o Vaticano propõe que todos os países do mundo avancem nos estudos de estabelecer uma autoridade mundial, para assuntos financeiros e bélicos. Segundo a nota, “ninguém, conscientemente, pode aceitar o desenvolvimento de alguns países em desvantagem de outros”. Para o Vaticano, “o caminho rumo à construção de uma família humana mais fraterna e justa e, antes ainda, de um renovado humanismo aberto à transcendência, parece ainda muito atual”.
Ressaltando a Carta encílica “Pacem in Terris”, (termo em latim que pode ser traduzido como Paz na Terra), escrita em 1963 por João XXVIII e que previa uma unificação cada vez maior do mundo, a nota afirma que desde aquela época, se reconhecia o fato de que, na comunidade humana, faltava uma correspondência entre a organização política, ‘no plano mundial, e as exigências objetivas do bem comum universal’. Por conseguinte, desejava que um dia se pudesse criar ‘uma Autoridade pública mundial”, afirma a nota.
O processo de globalização do mundo e dependência mútua cada vez maior dos países é classificada pela Igreja Católica como um fato previsto pelo Papa João XVIII em sua carta, e apoiada pelo Papa atual, Bento XVI. “Face à unificação do mundo, favorecida pelo complexo fenômeno da globalização; perante a importância de garantir, para além dos demais bens coletivos, o bem representado por um sistema econômico-financeiro mundial livre, estável e ao serviço da econômica real, hoje o ensinamento da Pacem in terris parece ainda mais vital e digno de urgente concretização. O próprio Bento XVI, no sulco traçado pela Pacem in Terris, manifestou a necessidade de constituir uma Autoridade política mundial”.
O comunicado explica os motivos, classificados pela igreja católica como humanitários, de se apoiar um governo único, proposta que é entendida por teólogos como parte do surgimento do Anticristo, previsto nas profecias do Apocalipse. O Vaticano propõe uma reflexão na luta pelo desarmamento dos países: “Pensemos, por exemplo, na paz e na segurança; no desarmamento e no controle dos armamentos; na promoção e na tutela dos direitos fundamentais do homem; no governo da economia e nas políticas de desenvolvimento; na gestão dos fluxos migratórios e na segurança alimentar; e na salvaguarda do meio ambiente. Em todos estes âmbitos, é cada vez mais evidente a crescente interdependência entre Estados e regiões do mundo, e a necessidade de respostas, não apenas setoriais e isoladas, mas sistemáticas e integradas, inspiradas pela solidariedade e pela subsidiariedade, e orientadas para o bem comum universal.”
O Pastor Antônio Mesquita, do blog “Fronteira Final” entende que sob o argumento de ações humanistas, o Vaticano acaba protagonizando uma profecia bíblica sobre o assunto: “Analise a semelhança com o alerta bíblico a respeito do acordo entre o Anticristo e os judeus. O texto de 1 Tessalonicenses 5:1-5 diz: ‘Mas, irmãos, acerca dos tempos e das estações, não necessitais de que se vos escreva; Porque vós mesmos sabeis muito bem que o dia do Senhor virá como o ladrão de noite; Pois que, quando disserem: Há paz e segurança, então lhes sobrevirá repentina destruição, como as dores de parto àquela que está grávida, e de modo nenhum escaparão. Mas vós, irmãos, já não estais em trevas, para que aquele dia vos surpreenda como um ladrão; Porque todos vós sois filhos da luz e filhos do dia; nós não somos da noite nem das trevas”, opina o Pastor.
Em determinado trecho da nota, o Vaticano afirma que essa “Autoridade Mundial” deve surgir de um processo em que todos os países a reconheçam e aceitem. “A autoridade supranacional deve possuir uma delineação realista e ser realizada gradualmente, com o objetivo de favorecer também a existência de sistemas monetários e financeiros eficientes e eficazes, ou seja, mercados livres e estáveis, disciplinados por um adequado quadro jurídico, funcionais para o desenvolvimento sustentável e para o progresso social de todos, inspirados nos valores da caridade na verdade”.
Para o Pastor Mesquita, as ideias propostas pelo Vaticano se aproximam muito do que as Escrituras Sagradas dizem a respeito desse tema, com perseguição aos cristãos: “A Bíblia diz o seguinte, sobre o Governo Único: ‘E foi-lhe permitido fazer guerra aos santos, e vencê-los; e deu-se a ele poder sobre toda a tribo, e língua, e nação. E adoraram-na todos os que habitam sobre a terra, esses cujos nomes não estão escritos no livro da vida do Cordeiro que foi morto desde a fundação do mundo. Se alguém tem ouvidos, ouça’.
Gospel + / Portal Padom

TVs espanholas barram programa de Billy Graham

‘Minha Esperança’ é um projeto que está sendo realizado em alguns países pelas igrejas evangélicas em parceria com a Associação Evangelística Billy Graham, cuja finalidade é alcançar muitas nações com a mensagem de Cristo, por meio de uma cruzada veiculada pela televisão. A ideia é convidar parentes e vizinhos para assistir a programação.
Mas a transmissão dos programas do projeto, marcada para o período de 15 a 17 de dezembro, está ameaçada na Espanha. Muitas igrejas evangélicas estão envolvidas nesta ação, pois ‘Minha Esperança’ tem como finalidade transmitir a ação evangelística através de um canal aberto de TV. No entanto, diante da resistência das emissoras espanholas para exibição dos programas, o diretor geral do projeto na Espanha fez um apelo: “Pedimos que todos nos apoiem em oração. Este projeto já foi realizado em vários países, inclusive no Brasil. Apesar da resistência dos espanhóis ao Evangelho, creio que o nosso Deus tem todo o poder de romper as barreiras para que esses programas possam ser transmitidos aqui na Espanha”, disse.
Verdade Gospel / Portal Padom

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

TVs católicas Canção Nova e Aparecida podem ser fechadas pelo governo federal


O governo federal do Brasil, atualmente controlado pelo Partido dos Trabalhadores pró-aborto, está tentando fechar a maior rede de TV católica do Brasil em evidente retaliação por remover apresentadores do PT ( http://noticiasprofamilia.blogspot.com/2011/11/rede-de-tv-catolica-remove-apresentador.html ) da programação.
De acordo com ativistas pró-vida locais, a decisão de atacar a TV Canção Nova parece ser o episódio mais recente de um conflito em andamento entre o governo e a Igreja Católica do Brasil pelo fato de que a Igreja Católica rejeita as políticas pró-aborto e pró-homossexualismo do Partido dos Trabalhadores.
De acordo com os meios de comunicação locais, o Ministério Público Federal entrou com ação civil para revogar as licenças da TV Canção Nova e também da estação católica conhecida como TV Aparecida, pois sua documentação não seguiu os procedimentos adequados quando suas licenças foram concedidas em 1997 e 2001. O MPF nega que sua decisão tenha a ver com o conteúdo da programação das TVs.
Contudo, o ataque contra as estações ocorreu apenas dois diasdepois que a TV Canção Nova anunciou que estaria removendo um proeminente político do Partido dos Trabalhadores de sua programação depois de um protesto porparte de católicos por causa do apoio do PT ao aborto legalizado bem como às uniões civis homossexuais e a leis contra a “homofobia”.
Ativistas pró-vida do Brasil acreditam que a estação foi pressionada a aceitar os líderes do Partido dos Trabalhadores depois das calorosas disputas das eleições presidenciais de 2010. Dilma Rousseff, a candidata do Partido dos Trabalhadores, quase perdeu essas eleições devido às posturas polêmicas do PT, as quais foram publicamente denunciadas por bispos e padres católicos.
Um padre da TV Canção Nova denunciou o Partido dos Trabalhadores durante as eleições como pró-aborto, gayzista e marxista e disse que nunca votaria neles, provocando a fúria do PT.
Durante as eleições o governo confiscou materiais que mostravam para o público o ensino da Igreja Católica sobre o direito à vida, e de acordo com as reportagens ameaçou líderes católicos com o cancelamento do tratado do Brasil como Vaticano, o qual inclui verbas governamentais para as escolas. O confisco foi mais tarde julgado como ilegal por um tribunal do Brasil, embora as eleições já tivessem passado e Rousseff tivesse sido eleita.

Noticiasprofamilia / Portal Padom

terça-feira, 22 de novembro de 2011

EX-PADRE LOURIVAL DÁ TESTEMUNHO EM IGREJAS BATISTAS DO INTERIOR PERNAMBUCANO

O ex-padre paraibano Lourival Luiz de Souza, esteve na noite do dia 19 deste, em Santa Maria do Cambucá na primeira igreja batista,e no dia 20 na Igreja Batista Filadélfia em Vertente do Lério, testemunhando o quê o Senhor JESUS CRISTO fez em seu viver. Para a igreja lotada, o hoje diácono da igreja Assembléia  de DEUS Lourival, contou para todos que Por meio da biblia católica, ele descobriu que tudo o que  realizava quando padre era contraditório ao que DEUS diz. O ex – padre afirmou ainda, que de acordo com o que diz no livro de João 8,32 “e conhecereis a verdade vos libertará” e sendo assim passou á relatar vários temas em seu testemunho, os quais conforme a palavra de DEUS. A igreja católica faz totalmente o inverso á exemplo do batismo de crianças, veneração ou adoração a imagens entre outros, tais temas entram em contradição com a bíblia e até mesmo com o próprio catecismo usado pela Igreja Romana.

Por Sérgio Ramos

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

O EX – PADRE LOURIVAL CASADO COM A EX-FREIRA MARIA DE FÁTIMA, vai está na Igreja Batista em Santa Maria do Cambucá e em Vertente do Lério neste fim de semana!

Amanhã sábado dia 19 de novembro,ele vai está na cidade de Santa Maria do Cambucá, na primeira Igreja Batista ás 19:00 horas e no Domingo 20 no mesmo horário estará na Igreja Batista Filadélfia em Vertente do Lério.Nas duas cidades o ex-padre vai está com a sua esposa Maria de Fátima, a qual também testemunhará sobre como o Senhor Jesus Cristo transformou o seu coração,e á fez abandonar a vida religiosa como freira para servir ao verdadeiro Senhor, O CRISTO VIVO, não PERCAM!





quinta-feira, 17 de novembro de 2011

MARCHA PARA JESUS ARRASTA MULTIDÃO EM SURUBIM

Foto:SR-

Uma verdadeira multidão acompanhou neste dia 15 de novembro á oitava edição da Marcha para JESUS em Surubim. Realizada pela Igreja Maranata, tendo a liderança do pastor Geraldo Magela, o evento tem por propósito  abençoa Surubim e região, este ano além dos pastores e membros da igreja organizadora, algo grandioso pôde ser visto pelos presentes. É que após oito anos outros pastores á exemplo destes: Josenildo Araújo “Congregacional vale da Benção”,Bispo Gilson Manoel “Comunidade Biblica da Graça”,Florisvaldo Barbosa “Assembleia de DEUS fidelidade pentecostal” PRª Ana Rosa “Rolimesses Brasileira” Nilton “Batista Memorial” Edivaldo Santana “Batista Nacional” Valdeci “Igreja Batista de Bom Jardim” Marcio Gomes “ vale da benção em Santa Cécilia na Paraiba e o pastor Tarcisio Fernandes da Igreja Batista em Santa Maria do Cambucá, os quais começaram entender, que o objetivo maior do evento é exaltar o nome do Senhor dos senhores e rei dos reis JESUS CRISTO”  participando com suas respectivas igrejas.  Todos perfilaram ao longo da Avenida São Sebastião, ao som dos louvores entoados pelo Louvor YESHUA , e em alguns pontos o trio parava, e ali era realizado orações. Quando chegou – se ao pátio da usina, o pastor Geraldo entregou aos presentes, á palavra do SENHOR por meio de sua ministração da palavra de DEUS. Logo em seguida o cantor Sérgio Lopes, por meio de sua voz levou todos á um momento de intimidade com o Senhor JESUS CRISTO.
Foto:SR
 “Lamento muito o fato da não valorização por parte das autoridades do município, à  este evento Ricamente   

   Abençoado para a cidade e região”.

Por Sérgio Ramos