segunda-feira, 30 de abril de 2012

China quer fechar todas as igrejas evangélicas do país


Programa de erradicação do cristianismo deve durar 10 anos

O governo da China está lançando uma campanha de três fases para erradicar todas as igrejas evangélicas do país. Esse foi o teor do comunicado divulgado em abril pela Associação de Ajuda à China, ONG que envia missionários para solo chinês.
A estratégia do governo foi claramente delineada em um documento divulgado em setembro passado, durante uma aula de treinamento gerido pela Administração Estatal para Assuntos Religiosos da China.
De janeiro a junho deste ano, o documento revela que as autoridades locais estão conduzindo uma investigação completa, para listar as igrejas de todo o país que funcionam nas casas chinesas, e fazer dossiês completos sobre cada uma delas.
Na fase dois, nos dois anos seguintes, as autoridades irão encorajar as “igrejas não registradas” para se filiar ao Movimento Patriótico da Tríplice Autonomia, que monitora tudo o que acontece nos templos. A fase três, a ser concluída em até 10 anos, as igrejas que se recusam a seguir as regras seriam fechadas e os líderes condenados.
Os funcionários do governo também devem banir as palavras “igreja nos lares” de todos os relatórios sobre igrejas em sites e outros meios de comunicação. Agora, só podem usar o termo “reuniões em casas”, um termo que remete aos grupos reunidos em sites afiliados ao MPTA.
Em uma pesquisa recente, conduzida em várias províncias chinesas, mais de 95% dos líderes de igrejas caseiras disseram que já sentiram o impacto dessas investigações, enquanto 85% disseram que investigadores já haviam feito um dossiê sobre seu grupo.
“Desde o início de 2012, temos notado um aumento na freqüência da perseguição”, disse a Associação de Ajuda à China em um comunicado de imprensa. “Além da perseguição contínua das igrejas em Pequim, o número de casos semelhantes aumentou 20% em comparação ao ano passado e se espalhou para outras áreas, incluindo ações contra educação, publicação e livrarias cristãs.”
A campanha foi lançada em dezembro de 2010 através de um documento intitulado “Operação Repressão”, emitido pelo Comitê Central do Partido Comunista. Esta diretriz pedia às autoridades de todos os níveis para “levar” os cristãos das igrejas nos lares a freqüentar somente as igrejas registradas e aprovadas pelo governo e acabar com igrejas grandes que se reúnem também em grupos menores.
A Igreja Shouwang, que reúne mil membros, viu a pressão aumentar muito nos últimos meses. ”No ano passado … a nossa experiência com o Senhor era diferente a cada semana. Foi Sua graça e paz que nos protegeram e nos sustentaram até agora “, declara um líder da igreja.
Essa operação também irá registrar todos os pastore, como uma maneira de continuar controlando o crescimento cristão e o surgimento de novas igrejas. Esse processo deverá estar concluído até o final de 2012, segundo um comunicado oficial.
Segundo o documento divulgado em setembro passado, o governo planeja usar “medidas humanas da lei de execução” para alcançar a erradicação total de igrejas nos lares. Ou seja, pastores que se negarem a cumprir a lei serão mortos por desobedeceram a lei.

Traduzido e adaptado de Charisma News/Gospel Prime

sexta-feira, 27 de abril de 2012

Como deixar a Igreja numa boa


Quando é um bom tempo para deixar um pastorado? Essa é uma pergunta que deve passar pela cabeça do pastor. Não há resposta simples, cada caso é único, com muitas variáveis, que podem conduzir para o problema ou para a solução.
Você e eu conhecemos pastores que fizeram um bom ministério, mas que ficaram na igreja além do que deviam e terminaram de maneira triste. Você não será lembrado tanto pelo que você fez na igreja, mas pela maneira ‘como’ você saiu dela. Portanto, sair numa boa é extremamente importante.
Qual o melhor tempo para isto acontecer?
Sinais negativos para não sair
·  Esperar a igreja estar em perfeitas condições, porque isto nunca acontecerá. As igrejas têm falhas, lacunas, vícios e etc.
· Quando há oposição. Estamos numa guerra, o inimigo tenta nos apagar, é importante considerar e consultar pessoas neutras ou pastores de fora para oferecerem seus conselhos.
· Quando você está sofrendo por ser líder. Sofrimento é parte da liderança. O líder recebe muito chumbo grosso. Tenha casca grossa, mas avalie por que está recebendo tudo isto!
· Quando os recursos faltam, sejam financeiros ou humanos. Em 95% das igrejas estas coisas faltam.
· Enumeremos outros…
Sinais negativos que são dicas para sair bem
·   Quando há uma resistência contínua a novas idéias. Isso significa que a igreja está estagnada e não aberta a mudanças, e não pode haver crescimento sem mudanças, e não há mudanças sem perda, e não há perda sem dor. Não vale a pena brigar.
·   Quando sua família está sofrendo. Lembre-se, sua família é a coisa mais importante nesse mundo. É ela que lhe dá autoridade para exercer um ministério sério. Se ela não está bem na igreja, seja por finanças, críticas ou outra razão qualquer, isto deve ser analisado com profundidade e quem sabe, o melhor é sair bem, sem fazer grande alarde.
·   Quando sua família não está em ordem. Os princípios de II Timóteo e Tito não estão sendo vividos por você e os seus familiares.
·   Quando você fez algo estúpido: perdeu a credibilidade em termos morais, fez mau uso das finanças da igreja; fez mau uso das suas próprias finanças.
·   Quando a sua liderança (pessoal) está esgotada
Reconheça isto antes que a igreja toda comece a orar para Deus lhe transferir para a glória. Você e eu sabemos ou conhecemos pastores que têm ficado além do tempo que deviam.
Logo que você percebe (ou percebem por você) que já não há mais “casamento” entre você e boa parte da igreja, quando você se sente um estranho no ninho ou não está conectando mais com as pessoas.
Sinais positivos que são dicas para sair bem
·        Quando a igreja está em paz;
·        as finanças estão equilibradas;
·        ninguém está pedindo a saída do pastor;
·        a visão do futuro é muito promissora;
·        a igreja tem bons pastores e pregadores;
·        temos homens sérios como líderes;
·        temos um gestor competente e de visão;
·        os ministérios da igreja estão bem liderados.

Isto não significa que a igreja está perfeita, não existe perfeita igreja. Sempre há várias necessidades e muitos ministérios que precisam de liderança e outros ministérios que precisam surgir na igreja. Mas significa que está razoavelmente bem.
Colega de ministério, quando eu  escrevo sobre o sair da igreja ou passar o bastão, eu não estou falando em aposentadoria do ministério. O servo do Senhor jamais se aposenta e vai pescar ou descansar em uma rede à beira do mar ouvindo o barulho das ondas e o cantar dos pássaros. Teremos muito tempo para isto, mas enquanto estivermos por aqui, como forasteiros e peregrinos, temos que estar vivendo à luz de I Coríntios 15, que fala da nossa transição daqui para lá, e depois, de nos levar perto do céu, Paulo diz: “Portanto, meus amados irmãos, seja firme, inabaláveis e sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que no Senhor, o vosso trabalho não é vão.”  I Cor. 15: 58.
por: Pr. Ary Velloso 

quarta-feira, 25 de abril de 2012

A parábola do empresário irresponsável


Mas um samaritano, que ia de viagem, chegou ao pé dele e, vendo-o, moveu-se de íntima compaixão;(Lucas 10:33-34).
Querendo ilustrar as dimensões de envolvimento que um cristão deve ter, diante das maldades e das violências sociais, Jesus contou uma história. Uma parte dela nos diz: “Mas um samaritano, estando de viagem, chegou onde se encontrava o homem e, quando o ouviu, teve piedade. Aproximando-se, enfaixou-lhe as feridas, derramando nelas vinho e óleo. Depois colocou-o sobre o seu próprio animal, levou-o para uma hospedaria e cuidou dele.”
Se levarmos a sério os critérios empresariais contemporâneos, a conduta do chamado “bom samaritano” seria reprovada, por seu grau de irresponsabilidade. Em linguagem atual, o viajante samaritano seria representado como um funcionário, ou patrão, que deixou de levar a sério seus objetivos profissionais. Afinal de contas, dificilmente alguém, vindo de Jerusalém, iria para Jericó por razões turísticas – contrário, poderia ser. Pois bem, o tal homem de negócios samaritano, cujos bens puderam pagar pela hospedaria e pelos cuidados médicos de um João ninguém assaltado na estrada, interrompe os planos da sua viagem. Ele não levou a sérios os compromissos previamente assumidos em Jericó? E os perigos que ele, impensadamente, enfrentou, expondo-se a ser a próxima vítima dos assaltantes? E dar prejuízo para todo o mundo?
Poucas parábolas de Jesus contêm, no seu bojo, tantos desafios para os cristãos contemporâneos. Como vai nossa cidadania, como discípulos Daquele que contou a parábola e nos mandou fazer o mesmo? Já pensamos em ficar envergonhados, diante do exemplo embaraçante dos samaritanos de hoje, que nem sequer são membros de nossas igrejas?

Pr. Olavo Feijó

quinta-feira, 19 de abril de 2012

MP investiga suposta cobrança de dízimos à presos feita pela Igreja Universal

A Igreja Universal do Reio de Deus (IURD) está sendo investigada pelo Ministério Público do Estado do Mato Grosso por causa de denúncias feitas contra a denominação em sua atuação dentro de presídios. De acordo com a denúncia, os presos que não pagam dízimo à Igreja Universal estão sofrendo discriminação na Penitenciária Central do Estado, em Cuiabá.
De acordo com as denúncias, para o preso mudar de ala ou ter algumas outras regalias dentro da penitenciária ele precisa pagar o dízimo para os integrantes da IURD. As investigações começaram depois de uma vistoria na penitenciária, durante a qual um presidiário afirmou ter ficado de “castigo” por não ter dinheiro para pagar o dízimo.
“Os caras cobram e quem não paga não tem direito nem à água gelada e quem paga tem até filme pornô”, disse o detento, de acordo com o portal de notícias 24 Horas News.
Confirmando as denúncias de extorsão, o promotor Célio Wilson de Oliveira, da Vara de Execuções Penais, falou sobre o trabalho de investigação e afirmou que “as investigações estão se prologando mais do que se imaginava”.
O Ministério Público já conseguiu comprovar que o dízimo era realmente cobrado e quem estivesse em dia com o pagamento se tornava “intocável”, podendo fazer de tudo, como se estive em casa. As investigações incluíram a apreensão de computadores, documentos de registros contábeis e objetos que pastores da Universal estavam usando dentro da penitenciária.
O promotor Joelson de Campos Maciel falou sobre o assunto. Segundo ele, o trabalho das igrejas dentro das penitenciárias não pode estar relacionado ao pagamento de contribuições financeiras, prática que é proibida pelo CNPC (Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária), ele afirma ainda que “a igreja que tem que ajudar o preso e não o preso que tem que ajudar a igreja”.

Fonte: Gospel+

sábado, 14 de abril de 2012

Pastor leva animal selvagem para o púlpito e gera polêmica

O pastor Ed Young Jr, da Igreja Fellowship, da cidade de Grapevine, Texas, chamou atenção mais uma vez por causa de uma polêmica em sua igreja. Durante a Páscoa ele iniciou uma série de sermões chamados de “Selvagem” e decidiu usar animais vivos no púlpito, incluindo um leão.
O vídeo que se espalhou rapidamente pela Internet mostra o pastor segurando um cordeiro perante a congregação, enquanto um leão fica ao lado do palco em um pequena jaula. O pastor caminha ao redor da jaula, tentando chamar a atenção do animal, e o leão responde com um rugido.
O pastor Young anunciou que deseja também incluir outros animais selvagens, como girafas e elefantes.
A iniciativa da Igreja Fellowship teria como objetivo ensinar as crianças sobre os animais e seu papel na criação de Deus. De acordo com Young, o uso de um leão e um cordeiro visavam mostrar o papel de Jesus Cristo como os dois animais, pois a Bíblia o chama ao mesmo tempo de “cordeiro de Deus” e “Leão da Tribo de Judá”.
O sermão de Páscoa, no entanto, atraiu críticas de pessoas que perguntaram sobre o bem-estar dos animais, particularmente do leão enjaulado. Alguns membros da igreja acreditam que o pastor não precisa usar animais vivos para passar a sua mensagem.
“Eu não sinto que isso é necessário”, disse Lisa Chatlain, que estava no culto. “Acho que Ed Young poderia pregar o mesmo conteúdo sem usar animais vivos como adereços, apenas para entretenimento.”
“Milhares e milhares de igrejas são capazes de ensinar a mesma mensagem sem usar animais”, disse Stacy Smith, membro da Sociedade Humanitária de Flower Mound, que está usando o vídeo do culto para que as autoridades impeçam que mais animais sejam levados até o púlpito de uma igreja, onde não há garantias de segurança. Outras pessoas presentes ao culto disseram não ter certeza do que fariam caso um animal selvagem fugisse de sua jaula durante o culto.
Questionado por uma emissora de TV, Young disse que não há preocupações sobre o uso de animais e disse que nunca faria algo que pudesse pôr em perigo a sua congregação ou os animais. Explicou que o leão de 17 anos de idade vive em uma fazenda de animais na Califórnia, e já atuou em filmes de Hollywood.
O pastor explicou ainda que sua série de sermões continuará durante as próximas cinco semanas. Disse não entender as críticas e ressalta: “Eu acho que por muito tempo a igreja tem sufocado a criatividade”.
As autoridades Grapevine anunciaram que estão investigando em que condições a igreja Fellowship está transportando e acomodando os animais e se tem todas as licenças necessárias para esse tipo de exposição.

Traduzido e adaptado de Christian Post/Gospel Prime

FESTA EM LAGOA DE J. CARLOS CELEBRA O 9° ANIVERSÁRIO DA IGREJA MARANATA

A Igreja Maranata em Lagoa de João Carlos esta comemorando nove anos de fundação e para celebrar essa data a Igreja Realizará um grande evento hoje sábado (14) de Abril as 19:00Hs.
Segundo a direção do evento, a festa acontecerá na praça principal de lagoa de João Carlos e contará com as participações dos cantores Nilson César, Manoel Silva e a Banda Yeshua. A pregação da palavra ficará por conta do Pastor Presidente do Ministério Maranata, Geraldo Magela.
Uma grande estrutura esta preparada para receber os participantes. De acordo com a organização do evento diversas caravanas estão sendo formadas de todas as cidades da região.

Fonte:isurubim.net

quinta-feira, 12 de abril de 2012

Camisa ‘Jesus não é homofóbico’, gera processo e polêmica

Um juiz federal teve que arbitrar um caso raro, a petição de um estudante de uma escola secundaria em Waynesville, Ohio. A ação foi apresentada ha alguns dias na Corte Distrital de Cincinatti, EUA.
O estudante afirma que ele e seus colegas foram impedidos de usar uma camiseta na escola que dizia “Jesus não é homofóbico”.
No processo, o diretor da escola Randy Gebhart foi acusado de violar os direitos do adolescente homossexual Maverick Couch, quando o obrigou a voltar para sua casa e trocar de camisa para assistir as aulas.
De acordo com o processo, uma semana depois o diretor chamou a mãe de Maverick na escola, ameaçando que o jovem sofreria uma disciplina por não mudar de camiseta.
O juiz Michael Barrett, disse a 02 de maio será realizada uma nova audiência para concluir o caso.
O Superintendente do Distrito Escolar Patrick Dubbs, disse que não estava seguro se os estudantes poderiam vestir essa camisa, mas que a lei o obriga a mudar a sua posição. Ele disse que esta preocupado com a repercussão do caso, com o veredito do juiz que permite a qualquer estudante usar este tipo de mensagem em sua camiseta. “Estou tendo dificuldades para entender como as coisas chegaram a este ponto.” disse ele.
Este ano, o Dia do Silencio, esta programado para acontecer no dia 20 de abril. Maverick e outros estudantes planejam usar a camisa em apoio aos seus colegas da comunidade gay da cidade.
“Estamos contentes que Maverick possa vestir a camisa no dia 20 de abril”, disse Christopher Clark, um advogado que trabalhou voluntariamente no caso, em um comunicado de imprensa. “No entanto, a liberdade de expressão dos alunos não se restringe apenas a um dia do ano. Vamos continuar lutando…”
“Realmente, a mensagem da camisa esta correta ‘Jesus não é homofóbico’, Ele ama muito o homossexual que dá a cada dia uma nova chance de mudar de vida. Ele ama o homossexual, o adultero,  o assassino e tantos mais pecadores da mesma maneira. Mas ele não aprova o pecado que cada um deles comete. Se você é um homossexual, lembre-se ‘Jesus não é homofóbico, Ele te ama muito’. Ele quer te dar uma nova vida.”, disse o diácono Thiago Dearo.
Fonte:Portal Padom/ Com informações Dayton Daily News

quarta-feira, 11 de abril de 2012

Pastor é preso por estupro de adolescente em São Paulo.!

Um pastor foi preso por estupro de vulnerável em Sorocaba, no interior de São Paulo. O fato ocorreu por volta das 7h desta terça-feira (10),no bairro Jardim Santa Rosa, zona norte da cidade.
De acordo com informações da Guarda Municipal, uma ronda passava pela região quando observou um carro estacionado com os faróis acesos.
Ao se aproximarem do veículo, os guardas perceberam que o homem pulou para o banco da frente. No banco traseiro estava uma menina de aproximadamente 14 anos, nua.
Ela contou aos guardas que já estava sendo abusada pelo agressor há cerca de um ano e que ele é conhecido da família. O suspeito foi encaminhado à DPP Norte, onde o caso será registrado.

Com informações da BAND