sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

Cuidado no falar e no calar-se

Adiberj.
(ILUSTRAÇÃO)
“Quem tem conhecimento é comedido no falar, e quem tem entendimento é de espírito sereno. Até o insensato passará por sábio, se ficar quieto, e, se contiver a língua, parecerá que tem discernimento.” (Provérbios 17.27-28)
O sentido da palavra conhecimento neste verso de Provérbio tem mais a ver com aprendizado do que com mero acumulo de informação. “Quem tem conhecimento” não refere-se a alguém que obteve formação, acumulou informação sobre alguma coisa, ainda que seja a Bíblia, teologia ou qualquer outro tema. O texto esta fazendo referência a quem passou a conhecer a vida de forma mais profunda, mais madura. “Quem tem conhecimento” refere-se a quem obteve sabedoria. Os sábios são comedidos no falar. Como afirmou Aristóteles, eles não despejam nos outros tudo que lhes vem à mente e jamais dizem qualquer coisa sem que tenham deixado na mente o bastante para terem certeza de que devem falar. Os presunçosos não agem assim. Muito menos revelam um espírito sereno. É importante ter em mente que nem todo que fica calado é sábio. Às vezes o insensato passa por sábio, quando fica calado. Mas passar por sábio aos olhos dos outros não resolve a nossa própria vida.
Os astutos, por outro lado, podem fazer do silêncio um artifício. Mas seu silêncio nada tem a ver com sabedoria, humildade ou serenidade. Ao contrário, pode ter a ver com perversidade. Pode ter a ver com a atitude de quem friamente cala-se diante de situações difíceis para não se expor e por fim conseguir o que deseja. Isso funciona bem no mundo que jaz no Maligno (1 Jo 5.19), no reino dos homens. Um reino em que mais importa o que dá certo, o que funciona, do que o que é certo. No Reino de Deus, não. Nele importa o que é certo. Nele a frieza não substitui a serenidade. O silêncio calculado não substitui o silêncio que resulta da humildade. Precisamos ter em mente que a vida segundo o Reino de Deus produz, inevitavelmente, pessoas melhores, seres humanos amáveis e cuja ética enriquece a vida. Nele não há lugar para sagacidade, frieza ou dissimulação.
Toda esta semana temos sido desafiados a avaliar nossas palavras, o modo como usamos essa capacidade tão especial: a comunicação. Devemos ter mais cuidado para não praticarmos uma comunicação corrupta, enganosa, maldosa. Seja por meio do que falamos ou por nossa atitude de nos calar. 
Falar ou guardar silêncio não devem ser atitudes perversas, mas atitudes que revelem um caráter sob influência do Espírito Santo. Jesus nos advertiu que o que sai de nossa boca vem do coração! Lembremo-nos que o silêncio também fala. Não nos enganemos pensando que trata-se apenas de alguma coisa que falamos ou deixamos de falar. Levemos a sério nossas palavras e também nosso silêncio. Que eles revelem um coração saudável. E se pecarmos no falar, ou ao nos calar, que haja sincero arrependimento e que busquemos seriamente consertar nossa atitude. Que Deus nos ajude nesse desafio.


Após os suicídios de dois pastores, reacende debate sobre o tema entre evangélicos

ADIBERJ.


O suicídio é uma questão complexa, que envolve inúmeros fatores e, teologicamente, não há consenso entre os grandes estudiosos da Bíblia Sagrada. Tudo isso à parte, a notícia do suicídio de um pastor assembleiano na última terça-feira, 12 de dezembro, reacendeu o debate sobre os casos de depressão entre os pastores evangélicos.
O pastor Júlio César Silva, ex-presidente da Assembleia de Deus Ministério de Madureira na cidade de Araruama, região dos lagos no estado do Rio de Janeiro, cometeu suicídio em sua casa, em um condomínio de alto padrão onde vivia. Ele era casado e tinha duas filhas.
De acordocom informações da Polícia Civil, Silva usou uma corda para se enforcar, mas não deixou nenhum bilhete ou recado detalhando sua motivação. Durante a madrugada de terça para quarta-feira, 13 de dezembro, o velório foi realizado na filial da denominação na Tijuca, com a presença de 50 pastores e do bispo Abner Ferreira.
De acordo com informações do Pleno News, o sepultamento foi realizado na cidade de Goiânia (GO), no estado de origem de sua família. Júlio César Silva era um pastor renomado no Ministério de Madureira, com relação de proximidade com outros grandes nomes, como o bispo Samuel Ferreira, da AD Brás, e o pastor Marco Feliciano (PSC-SP).
Nas redes sociais, milhares de evangélicos expressaram perplexidade com a notícia, e muitos aproveitaram a oportunidade para manifestar pesar com a notícia e pedir orações pelos familiares do pastor.
Marco Feliciano usou suas mídias para fazer uma ponderação, dizendo que as circunstâncias da morte de Silva serão julgadas na eternidade, e que muitas vezes a pressão sobre um pastor é tão intensa que ele termina sofrendo com depressão.
“O seu pastor é tão humano quanto você. A diferença é que você se preocupa apenas com os seus problemas e ele com os problemas dele e de todo mundo. Ele sente vontade de parar, desistir, sofre, chora, mas esconde as lágrimas quando sobe no altar. Afinal, ele está ali para abençoar e encorajar você”, ponderou Feliciano.
Já existem estudos que apontam que casos de depressão entre pastores têm índices altíssimos, acima da média entre diversas ocupações.
Assista uma das últimas mensagens do Pastor Júlio César:


segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Seu tanque está vazio?

Adiberj.

Certo condutor, após adquirir um automóvel novo, decidiu testá-lo em uma boa rodovia que cortava sua cidade. Confortavelmente assentado em banco anatômico, ligou o som em uma música ambiente e acionou o condicionador de ar, ao tempo em que acelerou o veículo, fazendo de conta que não existia relógio. Percorreu muitos quilômetros, satisfeito com o desempenho da sua nova aquisição e os recursos que tornavam a viagem segura. Mas, de repente, o veículo “morreu”. Decepcionado, o dono do veículo precisou solicitar assistência técnica para socorrê-lo. Após analisar o excelente automóvel, o mecânico perguntou para o proprietário: “Seu tanque está vazio?”. O diagnóstico, em forma de pergunta, foi perfeito. O tanque estava vazio!
Muitos cristãos têm andado pelas estradas longas e, por vezes, defeituosas da vida, com o tanque vazio. São habilidosos, tementes a Deus e bem intencionados naquilo que fazem. Mas, assim como acontece com um excelente automóvel que não tem combustível para queimar, estão cansados, frustrados e apresentam sinais de abalo na saúde física. Falta-lhes energia para continuarem o tráfego nas rodovias da vida social, profissional, familiar e eclesiástica com bom desempenho.
Desfrutar de relacionamento contínuo e prazeroso com Deus, especialmente por meio da oração e da meditação nas Escrituras, é o melhor combustível que podemos buscar nos postos de reabastecimento da existência humana. Sem Deus, o nosso esforço é insuficiente para continuarmos andando. Disse Jesus: “Eu sou a videira, vós as varas; quem está em mim, e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer.” (Jo 15.5).
Alguns aditivos para o nosso combustível são oferecidos por nosso Deus. Dentre esses, destaco: vivência familiar equilibrada, reconhecimento das próprias limitações, compartilhamento de dificuldades enfrentadas com gente íntegra e cuidado com a saúde do corpo e da mente. Este é o desejo do apóstolo João para Gaio, a quem ele direcionou as seguintes palavras, sob a orientação de Deus: “Amado, desejo que te vá bem em todas as coisas, e que tenhas saúde, assim como bem vai a tua alma.” (III Jo 2).
Seu tanque está vazio? Pare um pouco, ajuste a rota do seu viver em direção ao posto de combustível mais próximo de você e, então, prossiga em sua caminhada. Conte com o auxílio gratuito daquele que inventou o veículo e seu combustível. Deus, o seu Criador, conhece-o muito bem e sabe fazer com que você funcione satisfatoriamente sem ter que “pegar no tranco” ou parar antes de chegar ao destino desejado.
Pr. Tarcísio Farias Guimarães


terça-feira, 21 de novembro de 2017

Dez verdades sobre os crentes que ficam

(ILUSTRAÇÃO)
Antigamente, era mais difícil namorar. Pelo menos, para os feios que nem eu! Havia todo um ritual: olhar, falar com os olhos, escrever bilhetes (a mocidade, pelo menos, sabia escrever!), falar pessoalmente e propor namoro.

Complicado, mas muito romântico. Hoje, as coisas nesse sentido se deterioraram a tal ponto que a gente não sabe se está lidando com uma moça ou com uma aprendiz de prostituta, com um rapaz ou com um cabra safado. Não digo que no passado era melhor.

Digo que, no presente, ficou deveras menor, o ato do namoro. O que eu tenho a dizer a geração do ficar?

1. Quem gosta de ficar não merece confiança.

2. Quem gosta de ficar é imaturo e superficial.

 3. Quem costuma ficar pode virar uma prostituta.

 4. Quem gosta de ficar pode acabar viciado em pornografia.

5. Quem gosta de ficar está sinalizando que não leve os princípios de Deus sobre namoro à sério.

6. Quem costuma ficar pode casar com o pior parceiro ou parceira. Quem escolhe demais...

7. Quem fica tem a ilusão de que é superior, quando, na verdade, já virou verme.

 8. Quem costuma ficar não fica na hora que o parceiro ou parceira mais precisa.

9. Quem gosta de fica nunca leva relacionamento a sério.

10. Quem gosta de ficar vai acabar... ficando só!

11. Ficar é negócio para aprendiz de canalha ou para quem tem vocação para margiranha! (Espere aí, pastor! O senhor disse que ia dar dez verdades, já registrou onze... - Desculpe, eu me empolguei! Mas, já que transgredi o título, lá vai a 12a. Quem costuma ficar pode acabar ficando com um(a) enviado(a) de Belzebu!).

Texto do Pr. Geraldo Magela

Igreja Maranata/Ministério Surubim.

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

‘Jovens Cheios do Espírito Santo Fazendo a Diferença’ é Tema de Encontro da Assembléia de Deus em Vertente do Lério

(Foto: Divulgação do Blog)
Nesta quarta-feira (15) de novembro, os jovens assembleianos de Vertente do Lério, recepcionaram outros jovens vindos dos municípios de Gloria do Goitá; Feira Nova e Surubim, para o 1º Encontro de Jovens realizado pela Assembléia de Deus local.

Este dia ficará marcado na vida dos jovens assembleianos da cidade do “Ouro Branco”, por ter sido um dia de muita entrega e comunhão intima com Deus.

Fazendo a diferença, significa sai do lugar comum (Comodismo) e falar aos quatro quantos que Jesus Cristo é maravilhoso, e que os jovens são especiais aos olhos de Deus. Ser Cheio do Espírito Santo, é antes de tudo, deixar o eu, para que Cristo seja luz em suas vidas.

A programação que durou o dia inteiro, transformou a quadra da Escola José Batista de Souza em Templo de Deus por um Dia. Onde a igrejas que somos nós, pudesse está reunida buscando, entender por meio do Espírito Santo, qual o nosso papel com jovem e cidadão em meio à sociedade que vivemos.

A Proclamação da República serviu para se Proclamar que o Senhor Jesus Cristo, é o Senhor de nossas vidas e da cidade de Vertente de Lério, de Pernambuco e do Brasil.

Pela manhã houve estudo da palavra e evangelização, enquanto que à tarde, a conversa direta com Deus aconteceu por meio da oração, fechando o encontro a noite com participação de levitas (Cantores) e pregação da palavra de Deus.
 
(Montagem/Diácono Sérgio Ramos)
 


Escrito por Sérgio Ramos/Diácono/Radialista e Blogueiro – 16/11/2017


Católicos realizam IV Caminhada da Fé em Vertente do Lério

(Foto: Divulgação)
O feriado de 15 de novembro levou os fies da Igreja Católica Apostólica Romana, a uma caminhada pela manhã saindo da frente da igreja localizada no Tambor de Cima, seguindo até a comunidade de Lagoa Escondida.

A caminhada deste ano foi organizada pelos fies das comunidades do setor do Tambor, e as demais comunidades participaram ativamente. Ainda de acordo com o pároco, em 2018 haverá mais caminhada da Fé. Destacou padre José Sebastião Costa.

A igreja já está em sua IV edição da Caminhada da FÉ.

Percebemos; que embora talvez não seja esta a intenção do padre e dos seus paroquianos, ao criar a caminhada, mas o fato é que além de um momento de comunhão e fé fortalecendo o Espírito, eles também estão cuidando da saúde física, tirando o corpo do sedentarismo.

Todo o itinerário começa com um café da manhã regado a frutas, e encerra com celebração eucarística, banho e almoço.
(Foto: Divulgação)

Muito feliz; Padre Sebastião, agradeceu a Deus e aos fies por mais um ano de caminhada.

Escrito por Sérgio Ramos/Diácono/Radialista e Blogueiro – 16/11/2017

terça-feira, 14 de novembro de 2017

Assembléia de Deus realizará encontro de jovens nesta quarta (15) em Vertente do Lério/PE


Com o tema: “Jovens cheios do Espírito Santo fazendo a diferença”, a Igreja Evangélica Assembléia de Deus irá realizar nesta quarta-feira (15), feriado da Proclamação da República, o primeiro (1º) Encontro de Jovens no município de Vertente do Lério.

O evento acontecerá durante o dia inteiro, com inicio ás 08h, e encerramento por volta das 21h. No período da manhã haverá evangelização em massa e estudo para todos os jovens.

Já à tarde, acontece o circulo de oração, e a noite encontro jovem, com cantores e pregadores convidados. Toda programação acontecerá na quadra coberta da Escola José Batista de Souza, no centro da cidade.

Escrito por Sérgio Ramos/Diácono/ Radialista e Blogueiro – 14/11/2017
Envie suas noticias e denuncias para o E-mail: felizsramosdecarvalho@yahoo.com.br-