MERCADÃO KIPREÇO

Dia da Igreja Perseguida!

quarta-feira, 26 de setembro de 2018

O exemplo de Cristo


“João, porém, tentou impedi-lo, dizendo: Eu preciso ser batizado por ti, e tu vens a mim?”  (Mateus 3.14)

Como para João, também para mim não fazia muito sentido Jesus procura-lo para ser batizado. Ele era o único para quem o batismo não seria necessário. Como para João, para mim também batizar-se era algo para pecadores que tinham algo a confessar e que reconheciam o perdão recebido. Para pessoas necessitadas da misericórdia de Deus e de receber a graça de Sua presença, e que tinham recebido. Para pessoas fracas, necessitadas de oportunidades para firmar-se mais, unir-se mais a Deus e comprometer-se mais com a fé que salva. Mas ai vem Jesus para ser batizado e assim nos coloca diante da necessidade de pensar um pouco mais sobre o batismo e seu lugar em nossa fé. 
De fato, eu, você e João Batista não estão errados em pensar no batismo naqueles termos. Se é que você também pensa assim. O batismo, inegavelmente, fala daquelas realidades. Mas, como veremos ao longo desta semana, há mais coisas a serem compreendidas. E Jesus, o Verbo que virou gente e habitou entre nós (Jo 1.14), veio e participou também do batismo que deveria ser apenas para gente como nós e tornou-se um exemplo que inspira-nos a também buscá-lo. O batismo é um marco histórico que declara a nossa fé. E precisamos desse marco em nossa vida. Jesus nos deu o exemplo para que também nos importemos com o batismo como parte de nossa experiência de fé. E se você já creu e foi batizado como ensinam as Escrituras e como orientou Jesus, dando Ele próprio o exemplo, recorde-se disse e com mais determinação, viva a fé que ele declarou. As coisas velhas já passaram! Eis que tudo se fez novo! (2 Co 5.17)
Jesus está sempre fazendo aquilo que nós deveríamos fazer. Sendo exemplo, para que sigamos Seus passos. E ao segui-lo, somos transformados. Ele lavou os pés dos discípulos sendo eles quem deveria lavar os seus. E disse-lhes: “Vocês me chamam ‘Mestre’ e ‘Senhor’, e com razão, pois eu o sou. Pois bem, se eu, sendo Senhor e Mestre de vocês, lavei-lhes os pés, vocês também devem lavar os pés uns dos outros.” (Jo 13.13-14). Também no batismo isso acontece. Ao orientar que o Evangelho fosse pregado, Ele disse que os que crescem deveriam ser batizados. E a importância disso pode ser explicada de algumas maneiras, como ainda veremos essa semana, mas há aqui um chamado, acima de tudo, para que sigamos a Cristo e façamos como Ele fez. E se você já creu, como dizem as Escrituras, sejam também batizado, como dizem as Escrituras. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário